junho 03, 2016

MARRETA & MARTELO

Lançado em 1979, o álbum The Wall do Pink Floyd traz dois martelos cruzados. O personagem do The Wall é um sujeito fascista.

(Ver: movimento político e filosófico ou regime  onde prevalece os conceitos de nação e raça sobre os valores individuais, representado por um governo autocrático, centralizado na figura de um ditador.)

Os martelos formam o logotipo do grupo americano Hammerskins, os "skins-neonazista". Muitos dos seus integrantes foram condenados por assédio, assaltos e assassinatos de pessoas negras. Ta tudo no wikipedia.

Talvez, por isso, chamou a atenção o símbolo usado pelos garotos da minha cidade no letreiro do seu bar. Não lembram marretas, lembram os martelos cruzados.

Não estranho nada. Vivo nessa cidade há mais de 50 anus...

Um bar que tem um decor bacana, mas na fachada um símbolo fascista, é a cara de Lajeado. Tudo muito conceitual, claro.