março 02, 2015

SERIA A NATUREZA O MEU DEUS?

Deus existe? Existe? Deus? Ala, Maomé, Jeová? Krishna, Xangô, Sidarta? Por favor, você existe seja lá que nome tem? Não. Como assim...  Não? Se existisse não haveria criança estuprada. Não nasceria criança vegetativa. Não haveria crueldade nem humilhação na velhice. Se um todo poderoso que escuta nossas orações nunca teria existido escravo feito mercadoria. Não existiriam gananciosos nem fascistas. Muito menos preconceitos e desigualdades. Se ele realmente existisse a África seria um continente feliz. Não existiriam doenças como esclerose lateral amiotrófica. E nunca teria existido um Ivan IV, um al-Baghdad, um Pol Pot, um  Herodes. Não teria acontecido uma santa inquisição, uma bomba atômica sobre Hiroshima, um jihad e se ... E a Esperança que nos sustenta? Frágil como uma chama de vela. A vida eterna  é um mito criado pelos homens para justificar as religiões e suas guerras. Então... o que realmente existe? Apenas a Natureza. Idolatrem a Natureza e todos nos salvaremos. Se um Deus, esse atende pelo nome Natureza. Necessidade de rezar? 

Força nossa que estais na Natureza, santificada seja o Vosso reino. Venha a nós a vossa divindade natural. Seja feita a Vossa vontade assim na Terra como nas Aguas e no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje e basta. Perdoai as nossas ofensas por ignorância, não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal para que todos possamos sobreviver em Paz, amanhã e sempre. Uma oração serve para mudar a natureza menor daquele que reza e não para divinizar o deus de cada um.